Ana Rita Monteiro, Psicóloga na Clínica Espregueira – FIFA Medical Centre of Excellence, Porto, no artigo – “A regressão dos quatro meses”, esclarece que por volta dos 4 meses existe uma progressão no comportamento neurológico do sono, fazendo com que o bebé deixe de ter um sono constante para ter um sono mais dinâmico, os chamados despertares. Explica ainda que estas alterações são frequentes e normais ao longo do crescimento e enumera algumas estratégias para “sobreviver” a esta fase.

Leia o artigo na íntegra aqui.